O Velho e o Moço

23 dez

Amanhã já é dia 24 de Dezembro, Natal está aí batendo na porta. Logo atrás vem o tão clamado, deificado e esperado Ano Novo. Nunca entendi muito bem isso de as pessoas ficarem desejando que o ano acabe logo, pra mim nunca fez sentido algum desejar que o ano atual acabe e que o próximo comece sendo que o próximo é só mais um ano e, daqui a 12 meses, as pessoas estarão mais uma vez pedindo pro ano acabar logo.

2008 foi um ano complicado, como o previsto, já que era meu último ano no Ensino Médio e, portanto, o ano mais torturante. É engraçado lembrar que há 12 meses eu estava aliviada por ter entrado de férias, mas morria de medo do monstro que parecia o 3º ano. É engraçado porque agora que vim, vi e venci (?), posso dizer que foi ruim mesmo, com certeza o pior ano de toda a minha imensa vida de dezessete anos, mas não sentiria tão bem marcado o fim dessa fase se tivesse pulado esse ano. Pensei em dizer que não tem comparação entre a Laura que entrou no Ensino Médio e a que terminou, mas tem sim e é essa comparação que me faz ver que tudo o que aconteceu foi necessário e sentirei imensa saudade, mesmo do 3º ano. Ok, de algumas partes de 2008, não necessariamente do 3º ano.

Foi chegando o final do ano, o fim das provas, o tempo voando, a 1ª fase e… Meu deus, cadê as férias? Passei na 1ª fase, peguei firme nas duas primeiras semanas da maratona pra 2ª fase e relaxei na última, fiz as provas da 2ª fase, não me saí tão bem quanto queria, mas espero que tenha sido bem o suficiente. Ou não. Não voltei pro colégio pra primeira parte da maratona pra UnB, porque meu corpo estava moído e precisava de descanso, e aí eu me vi na situação de deificadora do futuro e me deixei dizer alguns “tomara que esse ano termine logo”, porque o fim desse ano não é só o fim de mais um ano, é o fim de um ano marcante e que eu quero que fique logo pra trás. Os “ares do novo ano” vão me fazer muito melhor do que me fizeram nos anos anteriores, já que agora eu espero por isso.

Só quero um feliz final de ano para mim e para todos, deificadores ou não de anos futuros, e não vou esquecer de curtir um bocado esse restinho de 2008. E que venha 2009 porque, independente de resultados, estou aí, aberta a novas aventuras! 🙂

PS: O título do texto foi mesmo inspirado pela música homônima de Los Hermanos, mas o conteúdo não tem nada a ver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: